Cronoanálise: você cuida do seu orçamento de tempo?


Não há tempo suficiente para se desperdiçar em uma empresa de sucesso.
Tempo de leitura: 2 minutos

Revendo alguns detalhes de sua empresa:

Já notou em seu negócio variações no tempo de produção do processo produtivo? Ou certo desgaste excessivo dos colaboradores em suas tarefas? Alguma dificuldade em reduzir o tempo de produção?  O seu problema está mais do que claro e a cronoanálise é a solução para sua empresa e a Líder Jr. é a escolha certa para ter você no controle do tempo!

O que é Cronoanálise?

A cronoanálise resume-se na cronometragem do Tempo Padrão de todas as operações realizadas em sua linha de produção. Além disso, a cronoanálise estimula e otimiza cada processo produtivo do trabalho, estipulando metas que incentivem a produtividade dos colaboradores.

Para saber mais, leia: A importância da Cronoanálise

Quais os benefícios da cronoanálise?

Você conseguirá estimar a capacidade produtiva da sua equipe podendo pré-definir o custo total com mão de obra. Essa técnica da cronoanálise se torna indispensável para um bom planejamento financeiro para ter você no controle dos custos.

A cronoanálise beneficia a melhor organização da produção

O planejamento financeiro serve para poupar suas finanças e para salvar gastos desnecessários. Além disso, é de suma importância para obter o máximo lucro possível em uma empresa.

Leia também sobre como ser eficiente no planejamento financeiro da sua empresa

Agora você já sabe basicamente o que é a cronoanálise e conhece alguns de seus benefícios. Iremos apresentar a você alguns passos que garantam sua boa implementação em seu negócio e em cada processo produtivo.

Quer realizar uma cronoanálise eficiente? Entre em contato conosco!

Definir a operação a ser medida na cronoanálise

A primeira etapa da cronoanálise é a escolha do processo da cadeia de produção a ser avaliada. De preferência, escolha uma fase de produção com tempo de execução mediano. Pois se escolher uma fase curta ou longa demais a média não será tão corretamente calculada como na de uma fase mediana.

É necessário que esta operação a ser medida tenha seus processos produtivos bem mapeados. Logo, o a otimização e mapeamento de processos vai auxiliá-lo na realização da cronoanálise.

Operações são medidas na cronoanálise

Como você sabe, todos os funcionários e cargos podem entrar na cronoanálise, destacando sua importância para a empresa.

Escolher o operador representante que participará da cronoanálise

Para que a cronoanálise seja efetiva, é importante não cometer o erro de selecionar um funcionário que realize todas as funções rápido ou devagar demais. Dessa forma, dificilmente os outros colaboradores conseguirão chegar a esse parâmetro, sendo assim a exatidão do cálculo seria atrapalhada.

Os operadores são humanos

Cada operador tem sua importância, e como se trata de humanos, não há um padrão em suas atividades. Por isso, escolher um funcionário que realize as tarefas em tempo médio é o que se sugere.

Cronometragem

Para cronometrar o processo, será necessário um cronômetro. Dito isso, chegou a hora de cronometrar o Tempo Padrão de produção da operação escolhida. Para isso, é importante a observação do colaborador da operação escolhido por, no mínimo, 10 ciclos de trabalho. Tendo em vista, assim, que ter uma amostra variada de tempos é essencial para um cálculo exato do Tempo Padrão requerido. Além disso, é muito importante ter bem definido o tempo de início e fim de cada operação. Para que a padronização da cronoanálise seja alcançada e, assim, gerando um tempo médio com maior exatidão. Nesta etapa da cronoanálise também é importante não esquecer de considerar os tempos de transporte, troca de ferramenta ou Setup de máquinas.

*Setup de máquinas= é o tempo que a produção é interrompida para que haja ajustes no maquinário

Checar a estabilidade das medições

Durante a execução da tarefa, o colaborador pode vir a ser surpreendido por algum evento anormal que o faça ser interrompido. Como, por exemplo, uma falha na máquina ou uma condição adversa ao trabalho. Sendo assim, é de suma importância observar mais de um ciclo de trabalho. Pois só assim é possível calcular uma média do tempo real de trabalho, ignorando qualquer anomalia que possa interferir no resultado da cronoanálise do processo produtivo.

Avaliar o ritmo de trabalho e determinar tolerâncias

O indicado para esta etapa da cronoanálise seria ter como base um funcionário em condições normais, como o nível de 100%. Assim, qualquer valor acima ou abaixo são exceções. Além disso, deve ser levado em conta eventos esporádicos durante a jornada de produção do colaborador. Como, por exemplo, idas ao banheiro, saídas para tomar água ou até mesmo conversas ocasionais com algum colega de trabalho. Portanto, é importante que você estabeleça uma taxa de tolerância para esse dia de trabalho analisado.

O ritmo do trabalho é determinante para o sucesso

Forçar o trabalho e a excelência de um funcionário o desgasta fisicamente e mentalmente. Por conta disso, é válido lembrar que contratempos devem ser aceitos na cronoanálise, por exemplo, dar umas voltinhas para esfriar a cabeça.

Calcular o Tempo Padrão da cronoanálise

O cálculo do tempo padrão é basicamente o tempo normal menos a tolerância definida. Sendo que, o tempo normal será calculado através da média do tempo gasto em cada fase de tarefa, durante o número de ciclos definido. Lembrando que, tem que se levar em consideração o ritmo de trabalho do colaborador de 100%, como já mencionado, e seu rendimento. E, por fim, basta pegar os resultados e analisá-los para definir como você poderia melhorar a produtividade da sua empresa através dos dados gerados.

Gostou da Cronoanálise ?

Em suma, esperamos que você tenha entendido melhor a importância da aplicação de um serviço de cronoanálise. Por conseguinte, desejamos a você que consiga garantir que sua empresa continue a trilhar um caminho de sucesso. Esteja você no controle de todos os processos produtivos!

Leia também sobre como reduzir e organizar os custos da minha empresa

Para que não reste dúvidas sobre a cronoanálise, tomamos a liberdade de separar um vídeo explicativo do procedimento. Portanto, para que seja uma experiência mais didática. Conheça: Introdução à Cronoanálise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.