RS Doces aumenta o lucro em 250,37% com Custeio

Sobre a RS Doces

Regiane e Sérgio, cujos as iniciais dão o nome da empresa RS Doces, fundaram o negócio em junho de 2018 em Novo Horizonte, São Paulo. Tornou-se, então, a principal fonte de renda do casal. A RS Doces tem o propósito de levar felicidade através dos doces que produz, portanto, buscaram a Líder Jr. a fim de estruturar-se uma precificação de todos os produtos, levando em consideração todos os custos e despesas do processo produtivo. Além disso, havia a necessidade de repensar a demanda e valor de venda, de modo a aumentar o faturamento da empresa. Podendo possibilitar, também, o investimento em estratégias de marketing e, consequentemente, o aumento de vendas e prosperidade do negócio.

A RS Doces, após reunião com os especialistas da Líder Jr., começou a passar dados que poderiam estruturar o início do projeto. Portanto, os clientes pesaram 35 sabores de trufas nos tamanhos P, M e G; seis sabores de bolo de pote massa branca, massa de chocolate e o creme belga utilizado como base; seis sabores de cone trufado; cinco sabores de pão de mel nos tamanhos P e M; três sabores de alfajor e cesta de chocolate.

Dando início à realização do projeto

Logo de início, a Líder, como sempre, já teve a preocupação de ter 100% de alinhamento com os clientes. Para isso, agendamos diversas reuniões para que os especialistas explicassem os termos necessários ao projeto. Além disso, também seria definido, em conjunto, o método de custeio mais apropriado para os objetivos, rotina e aspirações da empresa. Os especialistas deram, basicamente, uma aula sobre os dois tipos de método – absorção e variável. A diferença entre ambos você pode conferir em nossa matéria sobre Custeio. Posteriormente, os donos da empresa escolheram, junto com a opinião dos especialistas, o custeio por absorção. Além do serviço da precificação, os donos ganharam conhecimento e domínio sobre o assunto de precificação. Nossa equipe os capacitou para executar quaisquer alterações na planilha futuramente e também poderem tomar decisões.

RS Doces
A análise de cada um dos custos envolvidos no processo produtivo permite a estipulação do preço correto para cada produto.

Compreendendo a complexidade do Custeio para a RS Doces

Por ter uma grande variedade de sabores dentro de cada produto, a Líder pensou que seria viável uma nova precificação para cada sabor dos doces. Porém, após analisar-se os custos fixos, variáveis e despesas, notou-se que não havia benefício para a empresa a variação do preço de venda. O custo de produção era, praticamente, o mesmo.

Por isso, alguns produtos foram extintos. Além de não possuírem taxa da venda considerável, o custo de alguns deles igualava-se, de forma a trazer prejuízo à RS. Como exemplo, usando valores e produtos fictícios para compreensão do leitor: a torta de frango tamanho P tinha o mesmo custo da torta G. Por isso, na hora de repassar o valor de venda para o cliente final, haveria conflito. Uma vez que seria o mesmo valor de venda, prejuízo ou superfaturamento. Logo, após reuniões com os donos da empresa, a Líder fez um estudo e ficaram os produtos que trariam benefícios.

O cardápio da RS Doces foi completamente readaptado durante a realização do Custeio.

Os maiores desafios enfrentados pela equipe

Porém, o maior desafio foi atender ao desejo da empresa de dobrar o lucro. A falta de padronização foi o principal empecilho para a realização desse objetivo, já que a equipe RS Doces não compravam de um fornecedor fixo. Comprava-se, na realidade, de supermercados, que repassam frequentemente os aumentos provenientes de mudanças políticas, econômicas e climáticas. Então, mesmo quando vendiam mais do que o padrão, caso houvesse um aumento significável nas matérias-primas, o faturamento seria maior. Porém, infelizmente, o lucro seria o mesmo. A Líder Jr. disponibilizou uma planilha totalmente automatizada, a fim de possibilitar a alteração da matéria-prima, de modo que o aumento de custo chegasse ao cliente final.

Considerando ser uma empresa estruturada na residência dos donos, mostrou-se de suma importância a correta divisão dos valores de contas a serem pagas de uso pessoal e de uso profissional. Portanto, a Líder fez um estudo minucioso para a execução do Custeio, levando em consideração tempo de produção, limpeza e produtos em equipamentos. Com isso, foi possível achar o percentual correspondente às despesas e custos destinados à RS Doces. A equipe calculou, também, o tempo gasto e consumo de energia elétrica, uso de internet para divulgação, gás (GLP) e todos os outros gastos.

Subsequente às diversas reuniões entre Líder e RS Doces, foi notado que a demanda e o rendimento das receitas por período não eram coincidentes. Fato que gerava prejuízos indiretos e que, sem a precificação, seria impossível notar.

Conhecimentos Utilizados

A Líder, como supracitado, viu a necessidade da estruturação de uma planilha extremamente automatizada e interligada. O conhecimento dos especialistas acerca de planilhas foi de suma importância para a estruturação e visual. Uma vez que a Líder tem como dois dos valores “Foco no Cliente” e “Excelência em resultados”, a equipe preocupou-se muito em entregar uma planilha com a cara dos clientes. Além de possuir alta usabilidade dentro dos conhecimentos e dia a dia da empresa.

Por isso, a equipe colocou botões em todas as abas. Ademais, os nomes ficaram bem intuitivos e os valores em evidência, tudo isso para facilitar a rotina dos donos da RS Doces. Vale ressaltar, também, que a equipe do projeto adicionou abas com o intuito dos donos fazerem a atualização dos valores, como o aumento dos valores repassados pelos supermercados, que faz com que toda a precificação sofra alteração. Porém, a equipe suporte orientou a empresa a não fazer mudanças que não sejam significativas, uma vez que, não haverá troca de valor final.

A depreciação do maquinário também deve ser considerada na precificação dos produtos.

Por ser uma empresa de produção de comida, utiliza-se máquinas como fogão, geladeira, batedeiras, fornos e liquidificadores constantemente. Um erro muito comum de comerciantes e empreendedores é, na hora de fazer a precificação de seus produtos, não levar em consideração a depreciação do maquinário e até dos utensílios usados na fabricação. Para saber mais sobre o assunto, acesse https://otimogestor.com.br/blog/depreciacao-de-equipamentos-entenda-como-calcular-agora/. Sabendo disso, a Líder fez a relação de todo maquinário que a RS utiliza para fazer a produção dos seus doces. Após isso, a equipe Líder Jr. realizou a cotação dos valores, cálculo do índice de depreciação, valor pago anual e pago mensal. Esse valor é adicionado ao rateio de cada produto.

Entendendo mais sobre Custeio

O rateio é correspondente aos custos fixos indiretos de cada doce. São aqueles custos de maior dificuldade de atribuição do que a mão de obra, por exemplo. A equipe responsável pelo projeto optou por deixar o rateio em uma aba exclusiva. Como já dito, a equipe responsável inseriu a depreciação com os materiais. Após a inserção dos valores, escolheu-se o método – porcentagem de venda – com isso, foi possível que cada doce absorvesse o valor correto. De forma simples, é tirado a porcentagem que cada doce tem de participação nas vendas do total de cada custo fixo indireto. Achando, portanto, o valor total de custo, e depois esse valor é dividido pelo seu respectivo rendimento, o custo obtido é adicionado à aba de cada doce, tendo assim o custo final – soma de custos fixos e variável.

Outro conhecimento muito importante utilizado no projeto é o que se diz respeito ao MarkUp, índice multiplicador para que se encontre o preço de venda final. O markup leva em consideração a margem de lucro, despesas fixas e o faturamento dos doces. Porém, para que fosse possível o aumento do lucro sem que os valores de venda dos produtos apresentassem discrepância àqueles antes da precificação, a demanda dos produtos foi alterada, mostrando um aumento de 27%. Podendo, assim, manter o preço de venda que o público-alvo da RS Doces está disposto a pagar, mas também atendendo aos seus objetivos de aumentar o lucro.

Impacto e Resultados para a RS Doces

Como a demanda apresentou aumento, os custos e despesas também, porém, a Líder fez um estudo para a estruturação do markup de modo a achar um índice “balanceado” que atendessem a todos os requisitos. Após análises e conversas com os clientes, foi possível chegar ao valor de venda ideal, o qual aumentou 250,37% o lucro do cliente.

A equipe calculou o valor final de venda, de modo a não causar diminuição de vendas e o aumento da demanda conseguiu sanar esse possível gargalo, de forma a não haver aumento de mais de um real em cada doce.

Porém, a Líder entende que como aumento de demanda, vem também a necessidade de mais investimento em marketing e, por isso, deu de brinde aos clientes um plano de marketing, focando no aumento de divulgação, fidelização e presença em redes sociais da RS Doces.

Mudanças implementadas na empresa

Os clientes elaboraram o cardápio com os doces que passaram pelo filtro de custos, já explicado, e também pensando na melhor forma de atender aos clientes da RS.

A Líder Jr. forneceu à RS Doces uma planilha intuitiva para o acompanhamento dos preços por parte do cliente.

Pensando no futuro crescimento da empresa, a Líder criou uma aba destinada aos novos futuros produtos, onde foi instruído à empresa que adicionasse valores de custos, rendimento e sabores, a fim de obter novas precificações. Os clientes tiveram treinamento para conseguirem adicionar futuros valores, também foi entregue a eles um vídeo, que podem consultar quando quiserem, no qual especialistas da Líder explicam como usar e fazer alterações na planilha quando julgarem necessário. Também há um grupo em um aplicativo de comunicação no qual está os especialistas e os clientes, que podem enviar quaisquer dúvidas a qualquer momento.

Conclusão

A equipe disponibilizou, também, uma aba destinada à análise, de modo que os donos da empresa poderão ter contato direto com as porcentagens de lucro, faturamento, demanda custos e despesas. Podendo ser aptos a tomarem decisões estratégicas. A precificação também colabora para que haja promoções benéficas para ambos os lados. Os clientes têm autonomia para fazer mudanças nas células permitidas da planilha, de modo a ajustarem o valor de venda final de acordo com o cenário que estão passando. Além disso, a equipe de especialistas segue junto aos donos prestando todo apoio.

Por fim, conclui-se que a precificação feita pela Líder trouxe um aumento de faturamento e lucro, fazendo com que a empresa tenha capacidade de investir em novos produtos, matéria-prima, estoque e marketing, o que era difícil antes do custeio. Adiciona-se também o conhecimento passado aos donos, os quais participaram ativamente do projeto. A RS Doces agora pode fazer projeções, promoções, mudanças de preços de vendas e atingir o seu objetivo: levar a felicidade através de doces.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.