Como expandir meu pequeno negócio?

Aprenda a ser um microempreendedor individual de sucesso!

O que é microempreededor individual?

MEI significa microempreendedor individual. Foi criado em primeiro de julho de 2008 com a intenção de desburocratizar e facilitar a formalização de algumas atividades econômicas. Além disso, promove a formalização com uma carga tributária reduzida, tendo em vista seu principal público alvo os trabalhadores autônomos e micro empresários. 

Vantagens da formalização

Dessa maneira, tornar-se um microempreendedor individual é uma oportunidade de legalizar o seu negócio e sair da informalidade. Uma empresa legalizada passa a ter, por exemplo, CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), alvará de funcionamento assim como, acesso a financiamentos bancários e a benefícios sociais do governo.  Veja abaixo algumas características do MEI.

Requisitos para se virar um microempreendedor de sucesso

  • Um dos requisitos é faturar até 81 mil reais por ano;
  • Não ter feito parte de nenhuma empresa como sócio ou titular;
  • Possuir apenas um funcionário que receba até um salário mínimo ou piso da categoria;
  • Possuir uma empresa individual;
  • Estar na lista de ocupações permitidas.

Principais benefícios de ser um microempreendedor

  • Ter CNPJ,permitindo emitir nota fiscal, tópico importante para ampliar o número de fornecedores e clientes;
  • Abrir conta bancária como pessoa jurídica. Ajudando a desenvolver um fluxo de caixa bom e ter acesso a financiamento bancários, sem muita burocracia;
  • Ter direito a benefícios do governo, para o microempreendedor e sua família, por exemplo, aposentadoria, auxílio maternidade, isenção de tributos federais, remuneração por problemas de saúde e acesso a créditos com juros reduzido.

Diante do exposto, caso surja interesse em abrir um MEI e se tornar um microempreendedor, a abertura pode ser feita diretamente pelo empresário no Portal MEI do governo federal.

Como expandir o meu negócio, sendo microempreendedor?

Logo após, cumprir todos os passo de ser tornar um microempreendedor individual, agora é o momento certo para expandir seus negócios. Então, para ter sucesso em seu comércio, não basta apenas legalizá-lo. Portanto fique atento nas dicas escritas nas próximas linhas, para não perder nenhum detalhe!

Leia sobre como ter uma boa gestão financeira na minha empresa?

Ademais, é necessário ter capacitação e conhecimento para crescer e se firmar no mercado competitivo. Desse modo, entender o contexto que sua microempresa está inserida é indispensável, logo com um bom plano de negócios, você será capaz de conquistar um bom resultado. 

Principais fatores relevantes

  • Público alvo: acompanhar as preferências do mercado, auxilia na previsão de demanda e na flexibilidade da sua empresa. Sendo possível traçar boas estratégias de venda e aumentar a visibilidade do seu negócio. Um serviço ideal para contribuir na análise do seu público é o marketing estratégico.
  • Competição: o microempreendedorismo no Brasil está crescendo e portanto a concorrência fica cada vez mais acirrada. Logo, saber os pontos fortes e fracos da empresa é primordial para ascender no mercado. Além de promover o desenvolvimento das falhas existentes, visando consertar os erros e consequentemente aumentar o número de vendas.
  • Produto: diante da concorrência, é vantajoso ter um diferencial, pois indica o porquê de comprarem o seu produto e não o da concorrência. O ideal é sempre inovar e de tempos em tempos mudar seu mix de produtos, mas para isso é necessário saber como desenvolver um produto de sucesso.
  • Fornecedores: definir fornecedores de qualidade e confiança fará você se tornar um microempreendedor de sucesso. Isso acarretará na diminuição de problemas de abastecimento, que pode ser prejudicial a empresa. 

A partir da compreensão de como um plano de negócios é favorável ao microempreendedor, é possível com essas informações ser assertivo nos investimentos da sua empresa, como por exemplo, divulgação e promoções. Fatores muito relevantes para alavancar suas vendas e atrair mais público.

Planejamento financeiro é a chave para conquistar uma microempresa de sucesso!

Nesse sentido, dentro do plano de negócios há o planejamento financeiro que é muito benéfico e permite controle do caixa e quais os melhores investimento. Assim sendo, é interessante saber quais os benefícios que o planejamento financeiro traz ao microempreendedor:

Principais benefícios de um planejamento financeiro

  • Montante: saber qual o montante correto a ser empregado para o funcionamento ideal da sua empresa, objetivando se auto-sustentar financeiramente. Sem sofrer riscos de aplicar o montante errado e acabar sendo prejudicado financeiramente ou até mesmo falir a empresa.
  • Organização financeira: possibilitando assertividade no investimento e controle de gastos da empresa. Visando um fluxo de caixa exemplar e promovendo a economia e o desenvolvimento do seu negócio, para ter mais segurança nos investimentos e nos retornos.  
  • Previsão do retorno do investimento: com isso o microempreendedor pode investir e saber quando seu dinheiro retornará. Sem a insegurança de ficar sem o dinheiro investido ou de sofrer prejuízos financeiros. 
  • Estimar o preço ideal do seu produto ou serviço: sabendo qual o valor será gasto para oferecer o produto ou serviço, é possível estimar corretamente o preço. Sem cobrar muito, ficando fora do mercado, e sem cobrar pouco, ficando no prejuízo. Isso é realizado pelo serviço de custeio, que analisa o produto e o mercado, visando o preço ideal. Contribuindo para uma melhor aceitação do seu produto no mercado e para não perder público para a concorrência.

Da mesma forma, percebe-se a importância do planejamento para o microempreendedor ascender no mercado. O plano de negócio conjuntamente com o planejamento financeiro são ferramentas ideais para auxiliar no crescimento. Além disso, um negócio bem organizado e gerenciado traz um bom retorno financeira e realização pessoal.

Portanto, é recomendável contratar consultorias que forneçam um plano de negócio de qualidade para impulsionar suas vendas e consequentemente proporcionar crescimento empresarial.

Assim sendo, você já sabe o que deve ser feito para que sua empresa decole em vendas. Por isso, que tal ler sobre a importância da inovação para pequenas empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.