Tenha uma empresa estratégica construindo suas batalhas

Definir as metas, otimizar a estrutura da produção e montar/aprimorar um plano de negócios parece ser algo comum feito pelas empresas de um modo geral. Porém, estima-se que poucas são as que fazem esse tipo de abordagem, essas, são as empresas estratégicas.

Nesse artigo, vamos mostrar como a definição de metas e batalhas influenciam as empresas estratégicas a aumentar produtividade da empresa e em um consequente aumento no seu lucro. 

xadrez representando empresas estratégicas

Primeiramente, vamos definir o que é uma empresa estratégica através de uma série de itens que são necessários a esse tipo de empresa:

  • Ter suas metas definidas;
  • Conhecer empresas concorrentes e seu modo de atuar;
  • Possuir um plano de Marketing e um plano financeiro;
  • Conhecer seu público-alvo e orientar suas vendas para esse público;
  • Ter seus processos otimizados e padronizados.

Contudo, caso algum desses itens não seja condizente com a atual situação da sua empresa, segue um link que pode ajudar nessa situação:

O que é uma batalha?

uma imagem de uma lampada para mostrar ideias de uma empresa estratégica

A princípio, a batalha de uma empresa são as razões por qual ela luta e se dedica durante o período. Assim, as batalhas são definidas por meio de indicadores, os quais possuem metas e objetivos a serem alcançados. Citando um exemplo de uma empresa y, um indicador decidido é alcançar um impacto significativo em sua região. Para isso, definem-se metas, como faturamento, número de lojas atendidas, entre outras, que caso sejam alcançadas a empresa se considera de alto impacto em sua região e tem essa batalha vencida. 

Definição de batalhas para o aumento da produtividade

Uma empresa estratégica sempre busca a definição de metas e batalhas para poder se preparar melhor ao longo do período e começar a buscar soluções previamente aos acontecimentos da mesma. Portanto, para sua empresa se tornar estratégica, a definição de batalhas é essencial. 
Além disso, a definição de metas, especialmente com um bônus caso atingida, elevará a moral dos funcionários que vão aumentar a produtividade visando batê-las, de tal forma que é uma situação “win-win”, onde tanto a empresa como os funcionários saem ganhando.

Listando os benefícios que a definição de metas pode acrescentar ao trabalho, podem ser incluídas: 

I. Maior monitoramento: Há um maior controle sobre o que está acontecendo na empresa
II. Maior motivação: Como já citado, definir uma meta faz com que os funcionários busquem um maior ritmo de trabalho afim de atingi-la
III. Maior lucratividade: Afinal, maior produção gera mais lucro

Por fim, se quiser saber mais sobre a influência de estratégias na motivação de funcionários, segue um link que poderá ajudá-lo https://liderjr.com/blog/cultura-e-estrategia-organizacional/

Metas x Objetivos

Pessoas em uma lousa para representar uma empresa estratégica

Para buscar ser uma empresa estratégica, é primordial saber a diferença entre metas e objetivos, além de saber os momentos de usar um ou o outro.
Primeiramente, um objetivo é o destino final. Ou seja, o que você deseja alcançar, como por exemplo a instalação de um novo software na empresa, ou o faturamento final do ano, sem precisar explicitar o como, mas sim somente a data que esse objetivo deve ser alcançado.
O como desse objetivo será alcançado fica responsável pelas metas, ou seja, as metas são tarefas específicas para alcançar os objetivos. Por exemplo, para se alcançar o faturamento desejado, devemos bater uma série de metas e tarefas detalhadas, que caso batidas, nos levarão a atingir esse objetivo.

Para se aprofundar nesse assunto, segue um link para uma matéria focada nesse assunto:

https://www.ibccoaching.com.br/portal/metas-e-objetivos/metas-objetivos-diferencas-exemplos/

Aplicando as batalhas no dia a dia da empresa (Metas S.M.A.R.T.)

Agora que já entendemos o porquê de definir batalhas e a diferença entre metas e objetivos, há a necessidade de explicar como definir essas batalhas. E a resposta é simples, pois há uma metodologia chamada Metas S.M.A.R.T., usada pelas empresas estratégicas na hora de definir suas batalhas que simplificam os passos.

  1. S, do inglês “Specific”(Específico) :

    Metas claras, fáceis de se interpretar e específicas, de tal forma que direcionem a um resultado compreensível;
    – Objetivos menores e específicos levam a metas bem trabalhadas e estruturadas.
  1. M, do inglês “Measurable” (Mensurável):

    – Ser mensurável significa que ao longo do período buscando atingir a meta, você pode anotar as pequenas vitórias e possivelmente analisar alguns dados que não deram tão certo.
  1. A, do inglês “Achievable” (Alcançável)

    – Definir metas que são impossíveis ou exigem trabalho extremo acabam não são atrativas aos funcionários, logo, defina metas que sejam possíveis.
  1. R, do inglês “Relevant” (Relevante)

    – As batalhas e metas devem se relacionar com as ambições da empresa, por isso, não crie metas para assuntos que não são o foco de atenção da empresa ou não se relacionam ao público-alvo, por exemplo.
  1. T, do inglês “Time based” (Temporal)

    Prazos finais e datas são essenciais para suas batalhas, porém, lembre-se que prazos menores que o ideal podem levar a um estresse por parte da equipe, logo, defina prazos com consciência.

Caso você queira entender mais sobre a metodologia de Metas S.M.A.R.T, acesse https://www.totvs.com/blog/negocios/metas-smart/ para um aprofundamento nesse quesito.

Quando esperar resultados?

É muito importante entender que não se vence batalhas do dia pra noite. Logo, não é certo cobrar resultados logo nos primeiros dias do projeto.
Além disso, precisa-se entender que nem tudo na vida é constante, ainda mais relacionado a produtividade, onde vários fatores externos podem prejudicar o trabalho. Portanto, é aceitável alguns períodos terem menores rendimentos que outros, desde que atinjam a meta no final.

A definição de suas batalhas auxilia no aumento da produtividade e dos lucros de uma empresa, mas somente se forem aplicadas do jeito correto, sem sobrecarregar demais e sem ser batalhas muito fáceis, de tal forma que exijam um esforço constante dos empregados.
Por fim, percebemos que a cultura de implementar batalhas no dia a dia fazem parte das empresas estratégicas mais conceituadas. E a boa notícia é que caso sua empresa também implemente esses métodos ela estará um passo mais próximo do crescimento e do reconhecimento no mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.