Por que implementar o fluxo de caixa na sua empresa?

A importância do fluxo de caixa na administração financeira da empresa
Por que implementar o fluxo de caixa na sua empresa?
Tempo de leitura: 3 minutos

Decerto, o fluxo de caixa na gestão financeira eficiente é importante para a sustentabilidade do negócio. É essencial ter um controle sobre compras, vendas, gastos periódicos e assim traçar estratégias a partir disso. Assim, o este é um meio para atingir esse resultado e uma das praticas para reduzir os custos nas empresas.

O que é o fluxo de caixa?

É um serviço de planejamento e controle financeiro utilizado para fazer previsões e facilitar a tomada de decisão acerca de investimentos, empréstimos, promoções e redução das despesas.

Ademais, há diversos tipos de estrutura para um caixa e a escolha depende da necessidade do negócio. São os principais: livre, projetado e operacional.

Fluxo de caixa livre

É utilizado para medir a capacidade de gerar capital e é trabalhado em duas frentes sendo uma de 60 a 90 dias e outra de 2 a 5 anos.

Nesse sentido, permite saber qual o valor disponível depois de todos os compromissos serem pagos.

Fluxo de caixa projetado

É utilizado para prever receitas e gastos de forma mais detalhada de modo que não haja surpresa futuramente. Portanto, o objetivo é identificar os elementos de faturamento e custo.

Fluxo de caixa operacional

Utilizado para contabilizar os gastos e receitas necessárias para o funcionamento do negócio. Assim, é a ultima das praticas para reduzir os custos nas empresas com o fluxo de caixa.

Como aplicar na sua empresa?

Tenha controle do seu fluxo de caixa
Tenha controle do seu caixa

Dessa forma, para um melhor acompanhamento de desempenho, é indicado atualizar a ferramenta diariamente e fazer um acompanhamento semanal e mensal dos resultados a partir de gráficos da própria ferramenta. Nesse sentido, isso permite identificar oportunidades ou gargalos e assim ser uma das praticas para reduzir os custos nas empresas.

Além de ser importante projetar os pagamentos e recebimentos futuros.

Nesse sentido, para melhor discriminação dos gastos, é indicado que sejam feitas categorias para o preenchimento dessas entradas e saídas como: impostos, salários dos funcionários, juros, vendas e outros que fazem sentido no cenário do negócio.

Além disso, outros pontos importantes que o gestor deve analisar é o período de maior entrada e saída e onde é investido mais ou menos recursos.

Deseja implementar um fluxo de caixa na sua empresa?

O que registrar na ferramenta de caixa?

  • Recebimentos;
  • Pagamentos;
  • Previsões de faturamentos ou despesas futuras já conhecidas.
Como montar fluxo de caixa
Aprenda a elaborar

Problemas que essa estratégia ajuda a evitar

Portanto, a implementação correta do fluxo de caixa fará com que o gestor tenha controle sobre suas finanças e saiba onde está sendo investido seu dinheiro e como está sendo gasto.

Mas, para conhecer mais benefícios, leia Fluxo de caixa: o que é, como fazer e os principais benefícios.

Obtenha muitos resultados
Obtenha resultados a curto e longo prazo

Dessa forma, esse serviço evita surpresas. Logo, o alinhamento entre recebimentos e pagamentos será mais bem realizado, já que haverá um planejamento adequado.

Ademais, vale lembrar que o fluxo de caixa permite uma análise, sem máscaras, do cenário em que a empresa se encontra.

Leia mais em Seja eficiente no Planejamento Financeiro da sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.